29/07/19 09:13

Comemoração dos 34 anos da Apcef-MS reúne centenas de associados e convidados

feijoada-aniversario_interna.jpg

 

 

 

A quadra da Apcef-MS em Campo Grande ficou lotada de associados, familiares e amigos no último sábado, dia 27. Quase 300 pessoas compareceram ao almoço de comemoração aos 34 anos de fundação da associação em Mato Grosso do Sul. 

A Apcef-MS foi fundada em 01 de junho de 1985, mas por conta dos eventos esportivos no mês de junho, a diretoria transferiu a celebração da data para julho. O presidente da Apcef-MS, Jadir Garcia, lembrou da história das associações que até a década de 1980, os empregados da Caixa não eram considerados bancários, por isso, a representação dos direitos trabalhistas e negociações salariais era feita pelas Apcefs. 

“As Apcefs foram constituídas para defender os empregados e esse objetivo nunca pode ser abandonado. Muitos empregados contam com o apoio das Apcefs na defesa na relação de trabalho e manutenção de direitos. A associação não substitui o sindicato, mas é uma ferramenta importante para os associados”, explicou. 

jadir_garcia.jpg apoio-diretoria.jpg

Jadir Garcia ainda disse que essa comemoração é um dia de alegria, principalmente ao ver a quadra lotada de associados e convidados. “Precisamos valorizar este espaço do associado, que foi construído pelos esforços de muitas pessoas ao longo tempo. Comemorar mais um aniversário é muito significativo, a Caixa passa por um período  delicado, oferecer momentos de alegria aos colegas é muito importante. Organizaremos outros eventos festivos e esportivos para proporcionar ambiente de integração e confraternização, não se afastando da atuação na luta pelos direitos dos empregados da Caixa”, completou.

A missão das Apcefs de proporcionar o desenvolvimento social e a defesa dos direitos trabalhistas também foi lembrada pelo diretor regional do Centro-Oeste da Fenae, Herculano Bala, que estava presente no almoço de confraternização representando a federação. “A Apcef proporciona a todos os sócios aquilo que é a missão da Fenae, que é o lazer, a cultura, o esporte e a defesa dos seus direitos. Sem as Apcefs não existe a Fenae. E comemorar esses 34 anos é muito importante, é uma forma de continuarmos mobilizados, principalmente com o que está acontecendo no Brasil e na Caixa. Precisamos dar as mãos, porque todos os empregados estão sendo atacados, todos precisam estar unidos”.

Herculano_bala.jpg marileda_ourives.jpg

A diretora social e de cultura da Apcef-MS, Marileda Ourives, está na associação desde 1989 e viu de perto a luta para a construção da sede campestre, das melhorias, do trabalho em ampliar seu quadro de associados e, principalmente, a defesa dos direitos dos empregados da Caixa. Para ela, é um marco histórico esses 34 anos. 

“Esses 34 anos de Apcef são marcados por lutas porque a associação está em benefício do associado não só nas áreas de lazer, cultura, esporte e confraternização, mas também os direitos dos trabalhadores e em defesa da Caixa, para manter o banco 100% público. E nada mais justo que comemorar essa data ao lado dos nossos familiares e dos colegas de banco, que são as pessoas que a gente passa mais tempo da nossa vida”, comentou.

Além de ser um evento para comemorar o aniversário da associação, também foi uma festa de confraternização e de reencontros dos colegas da Caixa, já que estavam presentes muitos aposentados. 

Empregado da Caixa há 7 anos, Gustavo Amado disse que associação é muito importante para os funcionários, principalmente por essa integração das gerações na Caixa. “Para mim, a Apcef é muito importante. Eu pratico o esporte, eu sou atleta dos jogos desde quando entrei na Caixa, e eu gosto dessa integração que a Apcef faz entre os empregados da Caixa. Sem falar das lutas e das causas sociais em prol dos empregados, até por isso, além de ser associado, eu fomento com os colegas a filiação e a participação nesses movimentos”, ressaltou.

Gustavo_Amado.jpg Dyego_Toshio.jpg

Dyego Tshio Augusto é gerente de relacionamento da Caixa e também aprovou a comemoração dos 34 anos da Apcef-MS. “Um evento como esse é legal porque a gente vê amigos, consegue confraternizar, é um momento legal e diferente do nosso dia a dia. E é importante que mais empregados da Caixa venham, participem, porque nesse momento que a gente encontra os colegas, a gente gera o diálogo, conversa, debate, principalmente neste momento que a Caixa passa.  Também acho importantíssimo o trabalho que a Apcef desempenha no sentido de proteger os nossos interesses e também da população brasileira que precisa da Caixa, que ela permaneça 100% pública”.

Além da confraternização, os convidados puderam se deliciar com uma feijoada, e toda a animação ficou por conta do show de Juci Ibanez e banda, que colocou os convidados para dançar.

apoio-comida.jpg apoio_banda.jpg

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS FOTOS DA FESTA EM COMEMORAÇÃO AOS 34 ANOS DA APCEF-MS

Por: Assessoria de Comunicação da Apcef-MS
Fotos: Reginaldo de Oliveira e Alex Machado/Martins e Santos Comunicação

 

 

 

 

 

Compartilhe