10/11/20 18:30

Artigo de Paulo Antunes traz reflexões sobre o PDV da Caixa

capa-2-paulo.png

A Caixa Econômica Federal iniciou o período de adesão ao Programa de Demissão Voluntária (PDV) nessa segunda-feira (9). As adesões estarão abertas até 20 de novembro e os desligamentos acontecerão entre 23 de novembro e 31 de dezembro.

A Apcef/MS divulga um artigo do empregado da Caixa e associado da Apcef/MS, Paulo Antunes, com reflexões sobre os principais pontos a serem considerados na hora da decisão sobre a adesão ou não ao PDV. Confira:

Comportamento Financeiro

Precisamos ser sinceros conosco mesmos ao responder as seguintes perguntas:

Como me comportei financeiramente nos últimos 30 (ou mais) anos da minha vida?

Consegui manter minhas Finanças sob controle?

Tenho facilidade em administrar minhas receitas e despesas?

Consigo poupar um determinado percentual da minha renda mensal?

Desenvolvi, ao longo do tempo, um perfil mais investidor ou poupador?

Sei lidar realmente com minhas reservas financeiras?

Se você respondeu sim a estas perguntas, com certeza, seu histórico assegura um bom domínio sobre suas Finanças.

Sabemos que o comportamento histórico não assegura o comportamento futuro, no entanto, representa uma base sólida e eficaz que pode e deve ser aperfeiçoada ao longo do tempo.

Se você respondeu “não” para a maioria das perguntas, essa sinceridade pode ser determinante neste momento da sua vida.

Talvez, seu momento atual exija a adoção de medidas que possam alterar seu comportamento financeiro.

Se, ao longo de 30 ou mais anos de vida, não importam os motivos, não conseguiu ter uma vida financeira equilibrada, se não adotar mudanças de hábitos em sua vida, poderá ter sérias dificuldades com a redução da renda advinda de um desligamento da CAIXA.

O ideal seria estabelecer um propósito, dentro de um horizonte de tempo, por exemplo, um, dois ou mais anos, pelo qual, seu comportamento financeiro pudesse ser modificado para melhor.

Um propósito que envolvesse aquisição não somente de conhecimentos, mas, sobretudo mudança de hábitos sustentáveis, que possa realmente te fazer senhor das suas Finanças.

Dentro da ideia desta pirâmide, a análise sincera precisa ser sua.

Se você sabe que se encontra nesse estágio com relação ao comportamento financeiro, aconselha-se não passar para a próxima fase da pirâmide, sob risco de você ter mais dificuldades em realizar as análises exigidas nas próximas etapas.

download.png

Necessidades financeiras

Nessa nova etapa da nossa pirâmide, precisamos analisar as informações corretas sobre PDV e fazer contas práticas que você executou com sucesso durante toda sua vida profissional.

Chegou a hora de usar essas competências essencialmente para você.

Informações corretas sobre o PDV

É necessário ler todas as informações disponíveis sobre o assunto, afinal, é uma decisão para todo o resto da vida.

Para entrar na CAIXA, você passou em um concurso concorrido, onde muitos não lograram êxito. Você tem mais que histórias sobre sua vida na CAIXA, você tem um patrimônio tangível e intangível em jogo.

Qual a salário que realmente irá receber após sua saída da CAIXA?

Quais valores serão descontados (Equacionamento, IR, Plano de Saúde) do meu salário?

Como funciona o acordo do ticket alimentação?

Vale a pena resgatar o Novo Plano?

Existem novos riscos de a FUNCEF fazer novos equacionamentos?

Fazendo as contas

Dominadas as informações sobre o PDV, chegou a hora de fazer contas.

Aqui a simplicidade é tudo.

A pergunta mais valiosa é:

“Com o valor líquido que passarei a receber, consigo manter o padrão de vida que considero ideal e ainda permitir uma reserva financeira para situações emergenciais?”

Se sim, PARABÉNS!!!

Você está apto a seguir para a próxima etapa da nossa Pirâmide.

 

Estágio Emocional

Seja bem-vindo a esse emocionante momento da sua vida.

Estar aqui significa que você teve uma trajetória vitoriosa, pois todos sabemos que não foi fácil aprender e praticar uma educação financeira em nosso país nas últimas quatro décadas.

Estar aqui exigirá um olhar muito pessoal nas suas emoções.

Sim, nas suas emoções.

Em que estágios elas se encontram atualmente?

Você dominou suas Finanças nessas últimas quatro décadas?

Finanças é uma ciência quase exata, pois as emoções antecedem as decisões financeiras.

E se você dominou suas Finanças, provavelmente suas emoções estiveram ao seu lado.

Chegou a hora de você se encontrar com você.

Se não é o dinheiro que te prende à CAIXA, o que seria se não os laços emocionais?

Os laços emocionais existem em todas as relações.

Quando os filhos saem de casa, os pais sofrem pelo rompimento desses laços, pois a ausência diária, a não presença nas rotinas, fecha um ciclo importante da vida das pessoas.

O filho continua sendo filho, mas uma nova relação precisa ser construída, pois sem os apegos e rotinas diárias, precisamos reinventar as relações.

Muitos se perdem nessa etapa da vida, pois não conseguem deixar de ver os filhos apenas como filhos.

O desafio é dar novo sentido à relação, aprendendo a lidar com a escassez da presença, as novas vontades e manias e, sobretudo o novo jeito de viver que eles adquirem.

O desafio é conquistarmos essa nova pessoa que nossos filhos se tornaram em decorrência da vida que assumiram.

Assim, funcionam as emoções.

Sair da CAIXA é o mesmo que fechar um ciclo de vida, afinal muitas vezes estamos falando de várias décadas de convivência.

Todos sabemos que “existe vida além CAIXA”.

Neste momento, precisamos praticar essa vida.

Consigo reconhecer e lidar com as minhas emoções?

Consigo ter domínio pessoal, ou seja, consigo ter autonomia para agir?

Se você reconhece e sabe lidar com suas emoções, com certeza terá condições de superar as etapas que marcam todo processo de mudança, que muitas vezes podem provocar crises individuais nas pessoas.

Arrependimento.

Saudosismo.

Negacionismo.

E outras etapas que podem povoar os pensamentos, até que o outro ciclo realmente inicie seu processo de encantamento em você.

Quanto melhor souber reconhecer e lidar com suas emoções, mais rápido o novo ciclo irá te encantar.

Se você consegue ter um bom domínio pessoal, autonomia para agir diante de um ambiente de mudanças, conseguirá não somente navegar bem nesse novo ciclo de vida, pois estará inspirando muitas pessoas a seguirem nessa direção.

Você pode estar perguntando: como saber se estou nesse estágio emocional?

Essa resposta sempre estará em seu coração.

Sua mente já terá a decisão, mas se seu coração estiver em dúvidas, talvez o princípio da prudência deva prevalecer.

Tire um tempo para dar mais atenção as suas competências emocionais.

Elas foram responsáveis por você até chegar até aqui.

Para a nova etapa, talvez elas precisem de você.

Fortaleça-as.

 

Decisão

Você chegou ao momento mais aguardado.

O momento da decisão.

Como você cumpriu todas as etapas da nossa Pirâmide, tudo fica mais fácil, pois aqui você deve apenas “aderir ou não ao PDV”.

Simples assim.

Mais uma vez, a resposta está em suas mãos.

O que importa é você com você.

Você tem o poder da decisão

Se ainda restar dúvidas, reinicie as “análises desta pirâmide”.

Converse com colegas da sua confiança que já aposentaram.

Seja qual for a decisão que irá tomar, tenha a certeza que será a mais FELIZ.

Por: Paulo Antunes

 

 

 

 

Compartilhe